Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

O menino quadradinho /

Autor(es): Pinto, Ziraldo Alves, 1932- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Mundo colorido).Editora: São Paulo : Melhoramentos, 1990Descrição: 32 p. : principalmente il. color. ; 26 cm.Assunto(s): História em quadrinhosSumário: Chamavam-no “O Menino Quadradinho” porque, diziam, estava preso dentro das histórias em quadrinhos. Mas não era verdade. Ele tinha milhões de amigos, todos os heróis, nacionais e estrangeiros, que povoavam o seu mundo colorido. Até que, um dia, ele acorda assustado, mergulhado numa floresta sem cores. Descobre que foi parar do lado de fora de seus quadrinhos. Depara com letras, pontos, palavras que se embaralham e o confundem a princípio, mas que pouco a pouco ele passa a entender. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br
Tipo de material Localização atual Setor Classificação Exemplar Situação Previsão de devolução Código de barras
História em quadrinhos Biblioteca Guimarães Rosa
Infantil
Circulante Infantil 808.36 P732mq 1993 (Percorrer estante) e. 7 Disponível 00324803
História em quadrinhos Biblioteca Machado de Assis
Infantil
Circulante Infantil 808.36 P732mq 1993 (Percorrer estante) e. 6 Disponível 00303948
História em quadrinhos Biblioteca Malba Tahan
Infantil
Circulante Infantil 808.36 P732mq 1999 (Percorrer estante) e. 8 Disponível 00366334
História em quadrinhos Biblioteca Malba Tahan
Gibiteca
Circulante 808.36 P732mq 2006 (Percorrer estante) e.10 Disponível 5059369
História em quadrinhos Biblioteca Manuel Bandeira
Infantil
Circulante Infantil 808.36 P732mq c2002 (Percorrer estante) e. 9 Disponível 00378140
História em quadrinhos Biblioteca Monteiro Lobato
Infantil
Circulante Infantil 808.36 P732mq 2003 (Percorrer estante) e. 1 Disponível 5006442

Chamavam-no “O Menino Quadradinho” porque, diziam, estava preso dentro das histórias em quadrinhos. Mas não era verdade. Ele tinha milhões de amigos, todos os heróis, nacionais e estrangeiros, que povoavam o seu mundo colorido. Até que, um dia, ele acorda assustado, mergulhado numa floresta sem cores. Descobre que foi parar do lado de fora de seus quadrinhos. Depara com letras, pontos, palavras que se embaralham e o confundem a princípio, mas que pouco a pouco ele passa a entender. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Powered by Koha