Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

O elefantinho malcriado /

Autor(es): Machado, Ana Maria, 1941- [Autor ].
Colaborador(es): Marcello, 1961- [Ilustrador] | Ivan, Jorge, 1959-.
Tipo de material: TextoTextoEditora: Rio de Janeiro : Nova Fronteira, 1986Edição: 2. ed.Descrição: 23 p. : il. ; 23 cm.Assunto(s): Literatura infantilSumário: Dos animais do Zoológico, o elefante era o maior. O protagonista dessa história era o menor dos elefantes, um elefante bebê, muito bonitinho, mas muito, muito teimoso. Vivia dando respostas atrevidas e malcriadas a seus pais, ficando furioso por qual quer coisa e fazendo tromba. Certo dia, sem vontade de jantar e de tomar banho, esguichou água no Tonico, um menino que tinha vindo visitá-lo. Tonico contou o que tinha acontecido para os amigos, que contaram para os amigos dos amigos, até que as crianças, indignadas com o que o elefantinho tinha feito, resolveram não visitar mais a sua jaula. Iam ver o macaco, a girafa, o leão, a zebra, mas não o elefante. O elefantinho, que a princípio tentou se mostrar indiferente, foi ficando triste. E pro meteu que, se as crianças voltassem, deixava de fazer malcriação. No domingo seguinte, a jaula dos elefantes voltou a ser a atração mais procurada do zoológico. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br
Não existem exemplares físicos para este registro

Dos animais do Zoológico, o elefante era o maior. O protagonista dessa história era o menor dos elefantes, um elefante bebê, muito bonitinho, mas muito, muito teimoso. Vivia dando respostas atrevidas e malcriadas a seus pais, ficando furioso por qual quer coisa e fazendo tromba. Certo dia, sem vontade de jantar e de tomar banho, esguichou água no Tonico, um menino que tinha vindo visitá-lo. Tonico contou o que tinha acontecido para os amigos, que contaram para os amigos dos amigos, até que as crianças, indignadas com o que o elefantinho tinha feito, resolveram não visitar mais a sua jaula. Iam ver o macaco, a girafa, o leão, a zebra, mas não o elefante. O elefantinho, que a princípio tentou se mostrar indiferente, foi ficando triste. E pro meteu que, se as crianças voltassem, deixava de fazer malcriação. No domingo seguinte, a jaula dos elefantes voltou a ser a atração mais procurada do zoológico. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Powered by Koha