Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

Dom Casmurro /

Autor(es): Greco, Felipe, 1967- [Adaptador].
Colaborador(es): Machado de Assis, 1839-1908 [Autor ] | Cau, Mário, 1984- [Ilustrador].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Devir, 2012Edição: 1. ed.Descrição: 224 p. : il. ; 27 cm.ISBN: 9788575325254 (brochura); 9788575325285 (capa dura).Assunto(s): Realismo | História em quadrinhos | Romance brasileiroGênero/Forma: AdaptaçõesSumário: Reinvenção na forma de histórias em quadrinhos da obra máxima de Machado de Assis realizada por Felipe Greco (roteiro) e Mario Cau (arte). Em suas 232 páginas a obra reconta a história de Capitu e Bentinho usando o ritmo e os artifícios das HQs de modo cativante e até mesmo sedutor. Cada fragmento de diálogo ou narração é potencializado pela força das expressões das personagens e mais ainda pelo tom noir das cenas belíssimas como as do enterro de Escobar e sobretudo a da decisão de Bentinho entre suicidar-se ou dar o café envenenado ao filho Ezequiel. Fonte pesquisada: https://www.amazon.com.br/
Tipo de material Localização atual Setor Classificação Exemplar Situação Previsão de devolução Código de barras
História em quadrinhos Biblioteca Érico Veríssimo
Acervo geral
Circulante 808.36 G829d 2012 (Percorrer estante) e. 5 Disponível 5004301
História em quadrinhos Biblioteca Guimarães Rosa
Acervo geral
Circulante 808.36 G829d 2012 (Percorrer estante) e. 6 Disponível 5004302
História em quadrinhos Biblioteca Machado de Assis
Acervo geral
Circulante 808.36 G829d 2012 (Percorrer estante) e. 3 Disponível 5004299
História em quadrinhos Biblioteca Malba Tahan
Gibiteca
Circulante 808.36 G829d 2012 (Percorrer estante) e. 8 Disponível 5041667
História em quadrinhos Biblioteca Monteiro Lobato
Acervo geral
Circulante 808.36 G829d 2012 (Percorrer estante) e. 2 Disponível 5004298

Reinvenção na forma de histórias em quadrinhos da obra máxima de Machado de Assis realizada por Felipe Greco (roteiro) e Mario Cau (arte). Em suas 232 páginas a obra reconta a história de Capitu e Bentinho usando o ritmo e os artifícios das HQs de modo cativante e até mesmo sedutor. Cada fragmento de diálogo ou narração é potencializado pela força das expressões das personagens e mais ainda pelo tom noir das cenas belíssimas como as do enterro de Escobar e sobretudo a da decisão de Bentinho entre suicidar-se ou dar o café envenenado ao filho Ezequiel. Fonte pesquisada: https://www.amazon.com.br/

Powered by Koha