Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

Os miseráveis /

Autor(es): Bardet, Daniel, 1943- [Adaptador].
Colaborador(es): Hugo, Victor, 1802-1885 [Autor ] | Boide, Alexandre [Tradutor] | Capo, Bernard, 1950- [Ilustrador].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Grandes clássicos da literatura em quadrinhos ; v. 11).Editora: Porto Alegre [RS] : L&PM, c2012Descrição: 57 p. : il. color. ; 27 cm.ISBN: 9788525433602.Assunto(s): História em quadrinhos | Romance francêsGênero/Forma: AdaptaçõesSumário: Um marco do romance francês do século XIX, Os miseráveis é um livro grandioso. Narrando fatos que se estendem da derrota francesa na Batalha de Waterloo, em 1815, aos levantes antimonarquistas de junho de 1832 em Paris, Victor Hugo transcendeu as barreiras da ficção para criar uma obra que é ao mesmo tempo um drama romântico, uma epopeia, um documento histórico, um ensaio filosófico, um tratado sobre ética e um estudo sobre literatura e linguagem.Nada disso seria possível sem o fascínio exercido pelas reviravoltas de seu enredo e pelo carisma de seus personagens. Como o criminoso Jean Valjean e sua jornada desesperada em busca de redenção. Ou a explorada e prostituída Fantine e sua filha Cosette. Ou ainda o pequeno Gavroche, filho de um lar desajustado que foge de casa para viver nas ruas. Unidos pelo idealismo e pelo gênio narrativo de Victor Hugo, esses excluídos e heróis improváveis fazem de Os miseráveis um grito de liberdade que continua a ecoar até os dias de hoje. Fonte pesquisada: www.lpm.com.br
Tipo de material Localização atual Setor Classificação Exemplar Situação Previsão de devolução Código de barras
História em quadrinhos Biblioteca Malba Tahan
Juvenil
Circulante Juvenil 808.36 B224mi c2012 v.1 (Percorrer estante) e. 1 Disponível 5036616

Um marco do romance francês do século XIX, Os miseráveis é um livro grandioso. Narrando fatos que se estendem da derrota francesa na Batalha de Waterloo, em 1815, aos levantes antimonarquistas de junho de 1832 em Paris, Victor Hugo transcendeu as barreiras da ficção para criar uma obra que é ao mesmo tempo um drama romântico, uma epopeia, um documento histórico, um ensaio filosófico, um tratado sobre ética e um estudo sobre literatura e linguagem.Nada disso seria possível sem o fascínio exercido pelas reviravoltas de seu enredo e pelo carisma de seus personagens. Como o criminoso Jean Valjean e sua jornada desesperada em busca de redenção. Ou a explorada e prostituída Fantine e sua filha Cosette. Ou ainda o pequeno Gavroche, filho de um lar desajustado que foge de casa para viver nas ruas. Unidos pelo idealismo e pelo gênio narrativo de Victor Hugo, esses excluídos e heróis improváveis fazem de Os miseráveis um grito de liberdade que continua a ecoar até os dias de hoje. Fonte pesquisada: www.lpm.com.br

Powered by Koha