Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

A descoberta das bruxas /

Autor(es): Harkness, Deborah, 1965- [Autor ].
Colaborador(es): Frazão, Márcia, 1951- [Tradutor].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Trilogia das almas).Editora: Rio de Janeiro : Rocco, c2011Descrição: 638 p. ; 23 cm.ISBN: 9788532526489.Assunto(s): Romance americano | Magia | Literatura e históriaSumário: A respeitada pesquisadora Diana Bishop passou a vida tentando negar a sua verdadeira identidade. Filha única de pais bruxos, ela se torna órfã aos sete anos e passa a rejeitar as suas habilidades mágicas, determinada a se parecer o máximo possível com os humanos. Quando descobre acidentalmente um misterioso manuscrito de alquimia intitulado Ashmale 782, Diana traz à tona um mundo sobrenatural aterrador, com uma horda de demônios, vampiros e bruxas. A partir daí, a aventura de Diana por 1.500 anos de histórias está apenas começando. Um dos interessados na obra do alquimista é Matthew Clairmont, um geneticista com paixão por Darwin. Charmoso e misterioso, apesar da aparência jovem, Matthew vaga pela Terra há mais de 1.500 anos. O vampiro se aproxima de Diana, despertando nela uma forte desconfiança de que, por trás de todo o seu galanteio, se esconda apenas o interesse em obter o livro. Os motivos de sua busca pelo exemplar não são revelados, mas o afeto dele pela poderosa bruxa não demora muito a ficar claro. Diana, relutante em assumir sua natureza de bruxa, também resiste a admitir seus sentimentos pelo vampiro. O casal, no entanto, não demora a se formar. Juntos, Diana e Matthew devem lutar para que o livro não caia em mãos erradas, muitas delas pertencentes à misteriosa Congregação. Enquanto procuram decifrar os segredos do Ashmole 782, que guarda pistas do passado e flashes de fatos do futuro, o amor do casal também provoca conflitos na frágil aliança entre bruxos e vampiros. Mas Diana não deve desistir: afinal, é o sentimento que ela tem por Matthew que a impulsionará a assumir seu legado mágico e seu lugar como a bruxa mais poderosa de todos os tempos. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br
Tipo de material Localização atual Setor Classificação Exemplar Situação Previsão de devolução Código de barras
Livro e folheto Biblioteca Guimarães Rosa
Acervo geral
Circulante 813 H245d c2011 (Percorrer estante) e. 1 Emprestado 01/06/2022 5056401

A respeitada pesquisadora Diana Bishop passou a vida tentando negar a sua verdadeira identidade. Filha única de pais bruxos, ela se torna órfã aos sete anos e passa a rejeitar as suas habilidades mágicas, determinada a se parecer o máximo possível com os humanos. Quando descobre acidentalmente um misterioso manuscrito de alquimia intitulado Ashmale 782, Diana traz à tona um mundo sobrenatural aterrador, com uma horda de demônios, vampiros e bruxas. A partir daí, a aventura de Diana por 1.500 anos de histórias está apenas começando. Um dos interessados na obra do alquimista é Matthew Clairmont, um geneticista com paixão por Darwin. Charmoso e misterioso, apesar da aparência jovem, Matthew vaga pela Terra há mais de 1.500 anos. O vampiro se aproxima de Diana, despertando nela uma forte desconfiança de que, por trás de todo o seu galanteio, se esconda apenas o interesse em obter o livro. Os motivos de sua busca pelo exemplar não são revelados, mas o afeto dele pela poderosa bruxa não demora muito a ficar claro. Diana, relutante em assumir sua natureza de bruxa, também resiste a admitir seus sentimentos pelo vampiro. O casal, no entanto, não demora a se formar. Juntos, Diana e Matthew devem lutar para que o livro não caia em mãos erradas, muitas delas pertencentes à misteriosa Congregação. Enquanto procuram decifrar os segredos do Ashmole 782, que guarda pistas do passado e flashes de fatos do futuro, o amor do casal também provoca conflitos na frágil aliança entre bruxos e vampiros. Mas Diana não deve desistir: afinal, é o sentimento que ela tem por Matthew que a impulsionará a assumir seu legado mágico e seu lugar como a bruxa mais poderosa de todos os tempos. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Powered by Koha