Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

Vidas secas /

Autor(es): Branco, Arnaldo, 1972- [Adaptador].
Colaborador(es): Ramos, Graciliano, 1892-1953 [Autor ] | Guazzelli Filho, Eloar, 1962- [Ilustrador].
Tipo de material: TextoTextoEditora: Rio de Janeiro : Galera Record, c2015Descrição: 97 p. : il. ; 25 cm.ISBN: 9788501104618.Assunto(s): História em quadrinhos | Literatura juvenil | SecaSumário: Um dos mais importantes romances da literatura nacional em quadrinhos. Vidas secas: Graphic Novel une o traço do premiado quadrinista Eloar Guazzelli ao texto clássico de Graciliano Ramos. Com roteiro de Arnaldo Branco - responsável pela adaptação em HQ de outros clássicos da literatura brasileira, como Véu de noiva e O beijo no asfalto, de Nelson Rodrigues -, a história da jornada da família de retirantes sertanejos em busca de água, comida e melhores condições de vida ganha ritmo. Respeitando o texto original, esta Graphic novel transforma e dá nova dimensão ao romance, consolidando-o como a história de um Brasil, infelizmente, mais que atual."Publicado originalmente pela José Olympio em 1938, Vidas secas narra a arbitrariedade com que a vida se manifesta no sertão do Brasil, e ainda o faz nos dias atuais, mais setenta anos depois. A jornada de uma família de retirantes sertanejos pela sobrevivência sob o escaldo do sol, esgueirando-se dos arranhões da vegetação catingueira e de uma fauna à míngua, das desiguais relações sociais e da miséria extrema. Uma fuga intervalada, mas sem sombras, em busca do mínimo - água, comida, trabalho e abrigo." - Da quarta capa assinada por Bruna Beber Fonte pesquisada: www.amazon.com.br
Tipo de material Localização atual Setor Classificação Exemplar Situação Previsão de devolução Código de barras
Livro e folheto Biblioteca Guimarães Rosa
Juvenil
Circulante Juvenil 808.36 B813v c2015 (Percorrer estante) e.1 Disponível 5061096

Um dos mais importantes romances da literatura nacional em quadrinhos. Vidas secas: Graphic Novel une o traço do premiado quadrinista Eloar Guazzelli ao texto clássico de Graciliano Ramos. Com roteiro de Arnaldo Branco - responsável pela adaptação em HQ de outros clássicos da literatura brasileira, como Véu de noiva e O beijo no asfalto, de Nelson Rodrigues -, a história da jornada da família de retirantes sertanejos em busca de água, comida e melhores condições de vida ganha ritmo. Respeitando o texto original, esta Graphic novel transforma e dá nova dimensão ao romance, consolidando-o como a história de um Brasil, infelizmente, mais que atual."Publicado originalmente pela José Olympio em 1938, Vidas secas narra a arbitrariedade com que a vida se manifesta no sertão do Brasil, e ainda o faz nos dias atuais, mais setenta anos depois. A jornada de uma família de retirantes sertanejos pela sobrevivência sob o escaldo do sol, esgueirando-se dos arranhões da vegetação catingueira e de uma fauna à míngua, das desiguais relações sociais e da miséria extrema. Uma fuga intervalada, mas sem sombras, em busca do mínimo - água, comida, trabalho e abrigo." - Da quarta capa assinada por Bruna Beber Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Powered by Koha