Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

Memórias de um sargento de milícias /

Autor(es): Índigo, 1971- [Roteirista].
Colaborador(es): Almeida, Manuel Antônio de, 1831-1861 [Autor ] | Dantas, Bira, 1972- [Ilustrador].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Literatura brasileira em quadrinhos).Editora: São Paulo : Escala Educacional, c2007Edição: 1. ed.Descrição: 63p. : il. color. ; 24 cm.ISBN: 9788576667971.Assunto(s): História em quadrinhos | Romance brasileiro | Romantismo | Literatura juvenilGênero/Forma: AdaptaçõesSumário: No começo do século XIX, a cidade do Rio de Janeiro abriga a família real portuguesa. Mas uma colônia não se transforma organizadamente em sede do Império da noite para o dia... É nesse cenário conturbado que o leitor segue Leonardo, desde o nascimento até a idade adulta. Vê como a malandragem acompanha o protagonista e como ele inventa artimanhas para escapar do defensor da lei, o major Vidigal. Nesta bela adaptação de Memórias de um sargento de milícias para quadrinhos, permanece o tom irônico e debochado de Manuel Antônio de Almeida, autor de uma das obras mais importantes de nossa literatura, cuja análise da sociedade brasileira repercute até os dias de hoje. Fonte pesquisada: www.skoob.com.br
Tipo de material Localização atual Setor Classificação Exemplar Situação Previsão de devolução Código de barras
História em quadrinhos Biblioteca Monteiro Lobato
Juvenil
Circulante Juvenil 808.36 I34m c2007 (Percorrer estante) e. 1 Disponível 5066900

No começo do século XIX, a cidade do Rio de Janeiro abriga a família real portuguesa. Mas uma colônia não se transforma organizadamente em sede do Império da noite para o dia... É nesse cenário conturbado que o leitor segue Leonardo, desde o nascimento até a idade adulta. Vê como a malandragem acompanha o protagonista e como ele inventa artimanhas para escapar do defensor da lei, o major Vidigal. Nesta bela adaptação de Memórias de um sargento de milícias para quadrinhos, permanece o tom irônico e debochado de Manuel Antônio de Almeida, autor de uma das obras mais importantes de nossa literatura, cuja análise da sociedade brasileira repercute até os dias de hoje.
Fonte pesquisada: www.skoob.com.br

Powered by Koha