Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

Empoderadas : : mulheres eternas, corpo a corpo com a vida /

Autor(es): Dória, Palmério, 1948-2023 [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Geração Editorial, c2018Descrição: p. ; 24 cm.ISBN: 9788581304052.Assunto(s): Mulheres nas profissões | LiderançaGênero/Forma: BiografiaSumário: Selecionado no "Clube de Leitura ODS em Língua Portuguesa". O processo de seleção dos livros foi realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e está publicado no site da ONU como referências de leituras na categoria “Igualdade de Gênero”. Neste livro, o autor aborda ao menos um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, e busca conscientizar crianças e jovens de todo o mundo por meio de livros e da literatura. ETERNAMENTE O que há de comum entre a combatente social Marielle Franco, a psicanalista Nise da Silveira, a anarquista Juana Buela, a compositora Chiquinha Gonzaga, a escritora Patrícia Galvão, a revolucionária Tina Modotti, a cantora Dolores Duran, a atriz Leila Diniz, as Guerrilheiras do Araguaia, a pintora Tarsila do Amaral, a médica pediatra e sanitarista Zilda Arns, a pop star Madonna, as astronautas soviéticas, a presidenta Dilma Rousseff? Todas são mulheres eternas presentes nos séculos XX e XXI. Elas e mais de 150 outras importantes mulheres estão presentes em Empoderadas! -- Mulheres eternas, corpo a corpo com a vida , de Palmério Dória. O autor dedica este novo livro às mulheres que explicam a sua presença neste mundo, o círculo de amor da infância em Santarém, oeste do Pará, formado por sua mãe Nazaré e mães suplementares, que lhe deram a base para enfrentar os trancos da vida em qualquer lugar do planeta. Firmou-se, então, um eterno e irremovível pacto com a alegria delas. O designer Alan Maia pegou o espírito da coisa no projeto gráfico – um frenesi de cores e formas que traduz o salto vital da revolução feminina ora em curso. Super-Homem, a Canção "Um dia vivi a ilusão de que ser homem bastaria Que o mundo masculino tudo me daria Do que eu quisesse ter Que nada, minha porção mulher que até então se resguardara É a porção melhor que trago em mim agora É o que me faz viver Quem dera pudesse todo homem compreender, ó mãe, quem dera Ser o verão no apogeu da primavera E só por ela ser Quem sabe o super-homem venha nos restituir a glória Mudando como um Deus o curso da história Por causa da mulher Quem sabe o super-homem venha nos restituir a glória Mudando como um deus o curso da história Por causa da mulher" Gilberto Gil Elas e mais de 150 outras importantes mulheres estão presentes em Empoderadas!mulheres que explicam a sua presença neste mundo, o círculo de amor da infância em Santarém, oeste do Pará, formado por sua mãe Nazaré e mães suplementares, que lhe deram a base para enfrentar os trancos da vida em qualquer lugar do planeta. Firmou-se, então, um eterno e irremovível pacto com a alegria delas. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br
Não existem exemplares físicos para este registro

Selecionado no "Clube de Leitura ODS em Língua Portuguesa". O processo de seleção dos livros foi realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e está publicado no site da ONU como referências de leituras na categoria “Igualdade de Gênero”. Neste livro, o autor aborda ao menos um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, e busca conscientizar crianças e jovens de todo o mundo por meio de livros e da literatura. ETERNAMENTE O que há de comum entre a combatente social Marielle Franco, a psicanalista Nise da Silveira, a anarquista Juana Buela, a compositora Chiquinha Gonzaga, a escritora Patrícia Galvão, a revolucionária Tina Modotti, a cantora Dolores Duran, a atriz Leila Diniz, as Guerrilheiras do Araguaia, a pintora Tarsila do Amaral, a médica pediatra e sanitarista Zilda Arns, a pop star Madonna, as astronautas soviéticas, a presidenta Dilma Rousseff? Todas são mulheres eternas presentes nos séculos XX e XXI. Elas e mais de 150 outras importantes mulheres estão presentes em Empoderadas! -- Mulheres eternas, corpo a corpo com a vida , de Palmério Dória. O autor dedica este novo livro às mulheres que explicam a sua presença neste mundo, o círculo de amor da infância em Santarém, oeste do Pará, formado por sua mãe Nazaré e mães suplementares, que lhe deram a base para enfrentar os trancos da vida em qualquer lugar do planeta. Firmou-se, então, um eterno e irremovível pacto com a alegria delas. O designer Alan Maia pegou o espírito da coisa no projeto gráfico – um frenesi de cores e formas que traduz o salto vital da revolução feminina ora em curso. Super-Homem, a Canção "Um dia vivi a ilusão de que ser homem bastaria Que o mundo masculino tudo me daria Do que eu quisesse ter Que nada, minha porção mulher que até então se resguardara É a porção melhor que trago em mim agora É o que me faz viver Quem dera pudesse todo homem compreender, ó mãe, quem dera Ser o verão no apogeu da primavera E só por ela ser Quem sabe o super-homem venha nos restituir a glória Mudando como um Deus o curso da história Por causa da mulher Quem sabe o super-homem venha nos restituir a glória Mudando como um deus o curso da história Por causa da mulher" Gilberto Gil
Elas e mais de 150 outras importantes mulheres estão presentes em Empoderadas!mulheres que explicam a sua presença neste mundo, o círculo de amor da infância em Santarém, oeste do Pará, formado por sua mãe Nazaré e mães suplementares, que lhe deram a base para enfrentar os trancos da vida em qualquer lugar do planeta. Firmou-se, então, um eterno e irremovível pacto com a alegria delas. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Powered by Koha