Biblioteca Pública Municipal de São Bernardo do Campo

Obras de Chico Buarque (Prêmio Camões de Literatura)

| Selecionar títulos para:

Benjamim /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Companhia das Letras, 1995Descrição: 165 p. ; 21 cm.ISBN: 8571645027.Assunto(s): Romance brasileiroSumário: Girando em torno da obsessão pela morte de uma mulher, um enigma na vida do protagonista, o livro narra a história de um ex-modelo fotográfico que, como uma câmara invisível, vê o mundo desfilar diante de seus olhos sob uma atmosfera opressiva. Sem conseguir distinguir o que vê fora de si do seu passado, e de si mesmo, Benjamim avança, pouco a pouco, em direção ao destino trágico que sua obsessão lhe reserva. O clima opressivo é resultado do próprio estilo de narrar. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Benjamim /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Círculo do Livro, 1998Descrição: 132 p. ; 21 cm.ISBN: 8533210116.Assunto(s): Romance brasileiroSumário: Girando em torno da obsessão pela morte de uma mulher, um enigma na vida do protagonista, Benjamim, o segundo romance de Chico Buarque, narra a história de um ex-modelo fotográfico que, como uma câmara invisível, vê o mundo desfilar diante de seus olhos sob uma atmosfera opressiva. Sem conseguir distinguir o que vê fora de si do seu passado, e de si mesmo, Benjamim avança, pouco a pouco, em direção ao destino trágico que sua obsessão lhe reserva. O clima opressivo é resultado do próprio estilo de narrar. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Budapeste

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Travassos, Patricia [Narrador].
Tipo de material: SomSomEditora: São Paulo : Fundação Dorina Nowill para Cegos, [200-?]Descrição: 4 discos sonoros : digital, estéreo. ; 4 3/4 pol.Assunto(s): Romance brasileiro | Livro falado | Modernismo

Budapeste

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Queiroz, Rachel de, 1910-2003. O quinze [Autor ] | Coelho, Paulo, 1947-. Onze minutos [Autor ].
Tipo de material: SomSomSérie: (Sérgio Milliet).Editora: São Paulo : Fundação Dorina Nowill para Cegos, c2006Descrição: 1 disco sonoro : digital, estéreo ; 4 3/4 pol.Assunto(s): Romance brasileiro | Livro falado | ModernismoSumário: Budapeste: é a história de um homem exaurido por seu próprio talento, que se vê emparedado entre duas cidades, duas mulheres, dois livros, duas línguas e uma série de outros pares simétricos que conferem ao texto o caráter de espelhamento que permeia todo o romance. Onze minutos: “Embora meu objetivo seja compreender o amor, e embora sofra por causa das pessoas a quem entreguei meu coração, vejo que aqueles que me tocaram a alma não conseguiram despertar meu corpo, e aqueles que tocaram meu corpo não conseguiram atingir minha alma”. Com estas palavras, escritas aos 17 anos em seu diário, Maria, personagem principal, dá uma pista sobre a busca que realizará ao longo da comovente obra. Para ela, uma prostituta brasileira que vive na Suíça, decepcionada com os padrões afetivos e sexuais que conhece, torna-se utópica a ideia de que duas pessoas possam ter tanto o corpo quanto a alma unidos em perfeita harmonia num relacionamento. O quinze: A obra relata o conflito entre homem e natureza, narrando a difícil marcha de um retirante e sua família rumo ao Amazonas. Paralelamente existe a história de uma moça sonhadora que adora ler romances franceses. Fonte pesquisada: www.dorinateca.org.br

Budapeste /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Companhia das Letras, 2004Edição: 2. ed.Descrição: 174 p. ; 23 cm.Assunto(s): Romance brasileiro | ModernismoSumário: Ao concluir a autobiografia romanceada “O ginógrafo”, a pedido de um bizarro executivo alemão que fez carreira no Rio de Janeiro, José Costa, um ghost-writer de talento fora do comum, se vê diante de um impasse criativo e existencial. “Gênio”, nas palavras do sócio, que o explora na “agência cultural” que dividem em Copacabana, Costa, meio sem querer, de mera escrita sob encomenda passa a praticar “alta literatura”. Também meio sem querer, vai parar em Budapeste. Fonte pesquisada:

Calabar : : o elogio da traição /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Pereira, Rui Alexandre Guerra Coelho, 1931- [Co-autor].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Teatro hoje ; 24).Editora: Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 1974Edição: 4. ed.Descrição: 97 p. ; 22 cm.Assunto(s): Teatro brasileiroSumário: Aborda a questão da lealdade e da traição, numa clara alusão à conjuntura política do período. Brasil, ano da graça de 1635; a invasão holandesa; a guerra da traição; Mathias de Albuquerque, Felipe Camarão, Sebastião do Souto, Maurício de Nassau; a Igreja; dramas de amor - um pedaço da história do Brasil tornado peça teatral. Juntos, Chico Buarque e Ruy Guerra transformam esta passagem histórica em um texto cheio de mordacidade, entusiasmo, força e vibrante poesia. "Calabar, o elogio da traição" nos dá provas, mais uma vez, do incontestável talento de seus autores, trazendo ao teatro brasileiro um épico de nossa história, numa linguagem simples e direta, cômica às vezes, embora nunca afastada da verdade dos fatos. Fonte pesquisada: www.skoob.com.br

Calabar : : o elogio da traição /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Pereira, Rui Alexandre Guerra Coelho, 1931- [Co-autor].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Teatro).Editora: Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 2006Edição: 31. ed.Descrição: 109 p. ; 21 cm.Assunto(s): Teatro brasileiroSumário: Aborda a questão da lealdade e da traição, numa clara alusão à conjuntura política do período. Brasil, ano da graça de 1635; a invasão holandesa; a guerra da traição; Mathias de Albuquerque, Felipe Camarão, Sebastião do Souto, Maurício de Nassau; a Igreja; dramas de amor - um pedaço da história do Brasil tornado peça teatral. Juntos, Chico Buarque e Ruy Guerra transformam esta passagem histórica em um texto cheio de mordacidade, entusiasmo, força e vibrante poesia. "Calabar, o elogio da traição" nos dá provas, mais uma vez, do incontestável talento de seus autores, trazendo ao teatro brasileiro um épico de nossa história, numa linguagem simples e direta, cômica às vezes, embora nunca afastada da verdade dos fatos. Fonte pesquisada: www.skoob.com.br

Calabar : : o elogio da traição /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Pereira, Rui Alexandre Guerra Coelho, 1931- [Co-autor].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Círculo do Livro, 1975Edição: 3. ed.Descrição: 140 p. ; 18 cm.Assunto(s): Teatro brasileiro | ModernismoSumário: Aborda a questão da lealdade e da traição, numa clara alusão à conjuntura política do período. Brasil, ano da graça de 1635; a invasão holandesa; a guerra da traição; Mathias de Albuquerque, Felipe Camarão, Sebastião do Souto, Maurício de Nassau; a Igreja; dramas de amor - um pedaço da história do Brasil tornado peça teatral. Juntos, Chico Buarque e Ruy Guerra transformam esta passagem histórica em um texto cheio de mordacidade, entusiasmo, força e vibrante poesia. "Calabar, o elogio da traição" nos dá provas, mais uma vez, do incontestável talento de seus autores, trazendo ao teatro brasileiro um épico de nossa história, numa linguagem simples e direta, cômica às vezes, embora nunca afastada da verdade dos fatos. Fonte pesquisada : www.skoob.com.br

Chapeuzinho amarelo /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Berlendis & Vertecchia, 1984Descrição: 31 p. : il. col. ; 22 cm.Assunto(s): Literatura infantil

Chapeuzinho amarelo /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Pinto, Ziraldo Alves, 1932- [Ilustrador].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Itaú de livros infantis).Editora: Rio de Janeiro : José Olympio, 2011Edição: 27. ed.Descrição: p. : il. color. ; 21 cm.Assunto(s): Literatura infantil

Chapeuzinho amarelo /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Pinto, Ziraldo Alves, 1932- [Ilustrador].
Tipo de material: TextoTextoEditora: Rio de Janeiro : José Olympio, c1997Edição: 22. ed.Descrição: p. : il., color. ; 21 cm.Assunto(s): Literatura infantilSumário: Chapeuzinho Amarelo conta a história de uma garotinha amarela de medo. Tinha medo de tudo, até do medo de ter medo. Era tão medrosa que já não se divertia, não brincava, não dormia, não comia. Seu maior receio era encontrar o Lobo, que era capaz de comer “duas avós, um caçador, rei, princesa, sete panelas de arroz e um chapéu de sobremesa”. Ao enfrentar o Lobo e passar a curtir a vida como toda criança, Chapeuzinho nos ensina uma valiosa lição sobre coragem e superação do medo. Fonte pesquisada: https://www.amazon.com.br

Estorvo /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Companhia das Letras, 1992Descrição: 141 p. ; 21 cm.ISBN: 8571641845.Assunto(s): Romance brasileiroSumário: A campainha insiste, o olho mágico altera o rosto atrás da porta e o narrador inicia uma trajetória obsessiva, pela qual depara com situações e personagens estranhamente familiares. Narrado em primeira pessoa, "Estorvo" se mantém constantemente no limite entre o sonho e a vigília, projeções de um desespero subjetivo e crônica do cotidiano. E o olho mágico que filtra o rosto do visitante misterioso talvez seja a melhor metáfora da visão deformada com que o narrador, e o leitor com ele, seguirá sua odisséia. Prêmio Jabuti 1992 de Melhor Romance. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Estorvo /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Companhia das Letras, 2006Edição: 2. ed.Descrição: 152 p. ; 23 cm.ISBN: 8535905154.Assunto(s): Romance brasileiroSumário: Primeiro romance do compositor, aclamado pela crítica como a grande revelação de nossa literatura. A campainha insiste, o olho mágico altera o rosto atrás da porta e o narrador inicia uma trajetória obsessiva, pela qual depara com situações e personagens estranhamente familiares. Narrado em primeira pessoa, Estorvo se mantém constantemente no limite entre o sonho e a vigília, projeções de um desespero subjetivo e crônica do cotidiano. E o olho mágico que filtra o rosto do visitante misterioso talvez seja a melhor metáfora da visão deformada com que o narrador, e o leitor com ele, seguirá sua odisséia. Fonte pesquisada: www.skoob.com.br

Estorvo /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Círculo do Livro, 1993Edição: 2. ed.Descrição: 141 p. ; 21 cm.ISBN: 8533203187.Assunto(s): Romance brasileiroSumário: Primeiro romance do compositor, aclamado pela crítica como a grande revelação de nossa literatura. A campainha insiste, o olho mágico altera o rosto atrás da porta e o narrador inicia uma trajetória obsessiva, pela qual depara com situações e personagens estranhamente familiares. Narrado em primeira pessoa, "Estorvo" se mantém constantemente no limite entre o sonho e a vigília, projeções de um desespero subjetivo e crônica do cotidiano. E o olho mágico que filtra o rosto do visitante misterioso talvez seja a melhor metáfora da visão deformada com que o narrador, e o leitor com ele, seguirá sua odisséia. Fonte pesquisada: www.skoob.com.br

Fazenda modelo : : novela pecuária /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Vera Cruz. Literatura brasileira ; 191).Editora: Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 1975Edição: 2. ed.Descrição: 140 p. ; 21 cm.Assunto(s): Romance brasileiro | ModernismoSumário: Chico Buarque oferece uma obra que, partindo de insólita aparência, leva o leitor às mais sérias meditações sobre o dia-a-dia, plantando na consciência de leitores a semente que germinará, transformando-se em perguntas e em respostas que serão buscadas dentro de cada um. Fonte pesquisada: https://www.amazon.com.br

Fazenda modelo : : novela pecuária /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Círculo do Livro, [197-]Descrição: 135 p. ; 18 cm.Assunto(s): Romance brasileiro | ModernismoSumário: "Fazenda Modelo" é mais uma importante manifestação de da capacidade intelectual de Chico Buarque. Valendo-se do alegórico e do grotesco com brilhante apuro literário e singular equilíbrio formal, Chico oferece-nos uma obra que partindo de insólita aparência, nos leva às mais sérias meditações sobre o dia a dia, plantando em nossa consciência de leitores a semente que germinará, transformando-se em perguntas que nos faremos, e em respostas que obrigatoriamente teremos de buscar dentro de nós mesmos. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Gota d'água /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Pontes, Paulo, 1940-1976 [Co-autor].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Teatro hoje ; 28).Editora: Rio de Janeiro : Civilizacao Brasileira, 1975Descrição: 168 p. : 20 cm.Assunto(s): Teatro brasileiroSumário: Na peça, Joana é uma mulher madura, sofrida, moradora de um conjunto habitacional. Ela se apaixona pelo sambista Jasão, que desponta para o sucesso com uma música chamada “Gota d’água”. O todo-poderoso do local é Creonte, dono de casas, muito rico, o poder corruptor por excelência. Alma, sua filha, é uma burguesa metida. Quem desenrola o fio da história, à moda do coro tradicional dos gregos, são as vizinhas de Joana, lavadeiras. Assim como na tragédia grega, Joana se apaixona por Jasão, os dois se casam e têm dois filhos. Depois, Joana é traída por Jasão, que se apaixona por Alma. Como na história de amor e vingança clássica, Joana provoca uma terrível tragédia. O texto apresenta nossa realidade, que é também, por extensão, a realidade de todos os oprimidos do mundo. Fonte pesquisada: https://www.amazon.com.br

Gota d'água /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Pontes, Paulo, 1940-1976 [Co-autor].
Tipo de material: TextoTextoEditora: Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 2001Edição: 31. ed.Descrição: 174 p. ; 21 cm.Assunto(s): Teatro brasileiroSumário: Gota d' água é uma Peça Teatral brasileira que faz uma releitura da Obra de Eurípedes inspirada na concepçpão de Oduvaldo Vianna Filho.A Peça procura refletir e a mais importante uma face da Sociedade brasileira que ganhou relevo nos últimos anos:a experiência capitalista que se vem implantando aqui - radical,violentamente predatória,impiedosamente seletiva - adquiriu um trágico dinamismo.O santo que produziu o milagre é conhecido por todas as pessoas de boa - fé e bom nível de informação:a brutal concentração de riquezas que elevou o paroxismo,a cappacidade de consumo de bens durávies de uma parte da população,enquanto a maioria ficou no ora - veja..Gota d'água,a tragédia,é uma reflexão sobre esse movimento que se operou no interior da sociedade,encurralando as classes subalternas.A segunda concepção do nosso trabalho diz respeito ao problema cultural,cuja formulação ajuda a compreender porque o povo sumiu da cultura produzida no Brasil.A terceira razão dessa peça está na preocupação que tem pesado de crise expressiva que o teatro brasileiro tem atravessado:a crise das Palavras. Fonte pesquisada: www.skoob.com.br

Leite derramado /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Companhia das Letras, 2009Descrição: 195 p. ; 23 cm.Assunto(s): Romance brasileiro | ModernismoSumário: Um homem muito velho está num leito de hospital. Membro de uma tradicional família brasileira, ele desfia, num monólogo dirigido à filha, às enfermeiras e a quem quiser ouvir, a história de sua linhagem desde os ancestrais portugueses, passando por um barão do Império, um senador da Primeira República, até o tataraneto, garotão do Rio de Janeiro atual. A fala desarticulada do ancião cria dúvidas e suspenses que prendem o leitor. O discurso da personagem parece espontâneo, mas o escritor domina com mão firme as associações livres, as falsidades e os não ditos, de modo que o leitor pode ler nas entrelinhas, partilhando a ironia do autor, verdades que a personagem não consegue enfrentar. Tudo, neste texto, é conciso e preciso; como num quebra-cabeça bem concebido, nenhum elemento é supérfluo. Percorre todo o livro a paixão mal vivida e mal compreendida do narrador por uma mulher. Os múltiplos traços de Matilde, seu "olhar em pingue-pongue", suas corridas a cavalo ou na praia, suas danças, seus vestidos espalhafatosos, ao mesmo tempo que determinam a paixão do marido e impregnam indelevelmente sua lembrança, ocasionam a infelicidade de ambos. Embora vista de forma indireta e em breves flashes Matilde se torna, também para o leitor, inesquecível. Outras figuras, fixadas a partir de mínimos traços, circulam pela memória do protagonista: o arrogante engenheiro francês Dubosc; a mãe do narrador, que, de tão reprimida e repressora, "toca" piano sem emitir nenhum som; a namorada do garotão com seus piercings e gírias. É espantoso como tantas personagens ganham vida neste breve romance. Leite derramado é obra de um escritor em plena posse de seu talento e de sua linguagem. Fonte pesquisada: www.skoob.com.br

O irmão alemão /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Companhia das Letras, 2014Descrição: 237 p. ; 23 cm.ISBN: 9788535925159.Assunto(s): Romance brasileiro | ModernismoSumário: Sergio Buarque de Holanda morou em Berlim entre 1929 e 1930, como correspondente de "O Jornal", órgão dos "Diários Associados". A cidade vivia o fervor da República de Weimar, o auge criativo de Alfred Döblin, Fritz Lang e Kurt Weill, o frenesi dos cabarés. Essa Berlim brechtiana foi cenário de uma aventura amorosa entre o brasileiro e certa Anne Ernst, da qual resultou um filho, Sergio Ernst, que o pai jamais conheceu. De volta ao Brasil, Sergio Buarque daria largos passos rumo ao ensaísmo acadêmico, se tornaria professor universitário e diretor de museu, logo um dos maiores intelectuais do país. Casou-se, teve sete filhos, entre os quais Chico Buarque. Seu “mau passo juvenil” não era exatamente um tabu, porém estava longe de ser assunto na família. Chico só soube da história em 1967, aos 22 anos. Transcorridas quase cinco décadas, decidiu então tomar o assunto como matéria para um novo livro. Logo assomou a necessidade de saber o que se passara com Sergio Ernst, por motivos afetivos, mas agora também literários. “O irmão alemão” reproduz ficcionalmente essa pesquisa real, mas não é um relato histórico. O autor usa a realidade como fonte da ficção. A narrativa se estrutura numa constante tensão entre o que de fato aconteceu, o que poderia ter sido e a mais pura imaginação. Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Ópera do malandro /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Cultura, 1979Edição: 2. ed.Descrição: 248 p. : il. ; 20 cm.Assunto(s): Teatro brasileiroSumário: Escrita em 1978, a peça retrata através da época Getulista os mecanismos da expansão capitalista no Brasil. Identificando o modo como isso se estrutura através da malandragem, Max Overseas, malandro carioca e bom vivant, acaba sucumbindo por não acompanhar esse processo de modernização. Nesta montagem, a peça é trazida para os dias atuais, compreendendo a malandragem como um sistema que se recicla e se aperfeiçoa através da história política e econômica do Brasil. A direção musical é de Carlos Bauzys e uma banda composta por cinco instrumentistas executará as músicas que compõe o espetáculo; são em sua maioria conhecidas pelo grande público, como: Folhetim, Pedaço de mim, Terezinha, Geni e Zeppelin. Fonte pesquisada: https://www.amazon.com.br

Ópera do malandro /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Círculo do Livro, c1978Descrição: 248 p. : il. ; 21 cm.Assunto(s): Teatro brasileiroSumário: Escrita em 1978, a peça retrata através da época Getulista os mecanismos da expansão capitalista no Brasil. Identificando o modo como isso se estrutura através da malandragem, Max Overseas, malandro carioca e bom vivant, acaba sucumbindo por não acompanhar esse processo de modernização. Nesta montagem, a peça é trazida para os dias atuais, compreendendo a malandragem como um sistema que se recicla e se aperfeiçoa através da história política e econômica do Brasil. A direção musical é de Carlos Bauzys e uma banda composta por cinco instrumentistas executará as músicas que compõe o espetáculo; são em sua maioria conhecidas pelo grande público, como: Folhetim, Pedaço de mim, Terezinha, Geni e Zeppelin. Fonte pesquisada: amazon.com.br

Os saltimbancos /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Adaptador].
Colaborador(es): Grimm, Jacob, 1785-1863 [Autor ] | Grimm, Wilhelm, 1786-1859 [Co-autor] | Magalhães, Sônia [Ilustrador].
Tipo de material: TextoTextoSérie: (Literatura em minha casa. Peça teatral ; 5).Editora: São Paulo : Global, 2002Descrição: 47 p. : il. ; 21 cm.ISBN: 8526007769.Assunto(s): Teatro infantilSumário: Inspirada em “Os músicos de Bremen”, dos Irmãos Grimm, e voltada ao público infantil, a obra do músico e escritor Chico Buarque, em parceria com Sergio Bardotti (letras) e Luis Enriquez Bacalov (músicas), valoriza o respeito e a solidariedade. Nessa aventura de quatro bichos que, sentindo-se ameaçados e explorados por seus donos, resolvem fugir para a cidade em busca do sonho de formar um conjunto musical, escapando da opressão, evidencia-se, também, uma alegoria política. O livro, clássico, ainda conta com as ilustrações de Ziraldo. Fonte pesquisada: https://www.amazon.com.br

Tantas palavras : : todas as letras /

Autor(es): Buarque, Chico, 1944- [Autor ].
Colaborador(es): Werneck, Humberto, 1945- [Co-autor].
Tipo de material: TextoTextoEditora: São Paulo : Companhia das Letras, 2006Edição: rev. e ampl.Descrição: 477 p. ; 24 cm.ISBN: 9788535909340.Assunto(s): Buarque, Chico, 1944- | Música popular | Compositor | BrasilGênero/Forma: BiografiaSumário: Reune todas as letras escritas por Chico desde "Tem mais samba" (1964), que ele considera o marco zero de sua carreira, até o CD Carioca (2006). Também faz parte do livro uma extensa reportagem biográfica escrita pelo jornalista Humberto Werneck a partir de pesquisas e de entrevistas feitas com o próprio Chico e com personagens como Tom Jobim, Edu Lobo, Caetano Veloso e Gilberto Gil. Ampliado em mais de 70% e totalmente revisto desde a primeira edição, o texto biográfico inclui os últimos quinze anos da vida de Chico Buarque e acrescenta informações importantes às saborosas histórias levantadas por Werneck, como o episódio da prisão do futuro compositor, ainda na adolescência - sua primeira aparição na imprensa, como "o menor F.B.H.". Fonte pesquisada: www.amazon.com.br

Powered by Koha