000 01302cam a2200217 a 4500
001 42454
003 brsbdbp
005 20210321213054.0
007 ta
008 120403s1996||||bl| |||gr ||| 00| 1 por d
040 _abrsbdbp
_bpor
082 0 4 _222
_a869.93015
_bR694sag
100 1 _aRosa, Guimarães,
_d1908-1967.
_93004
_eAutor principal
245 1 0 _aSagarana /
_cGuimarães Rosa.
260 _aRio de Janeiro :
_bNova Fronteira,
_c1996.
300 _a386 p. ;
_c21 cm.
520 _a"Sagarana" traz cenários e personagens típicos do interior do país, mais especificamente do sertão de Minas Gerais. A linguagem inventiva do livro é outro aspecto que distinguiria para sempre o autor no campo da literatura brasileira. Ao mesmo tempo em que incorpora fragmentos essenciais da oralidade sertaneja, pescando regionalismos e recuperando antigas expressões de linguagem do sertão, Rosa inova com a criação de neologismos cuidadosamente lapidados. Dentre os nove contos que fazem parte do livro, destacam-se os célebres “A hora e vez de Augusto Matraga”, “Conversa de bois” e “O burrinho pedrês”
_cFonte pesquisada: www.amazon.com.br
650 0 7 _9828
_aConto brasileiro
_2Vocabulário Controlado Básico
650 0 7 _93525
_aModernismo
_2Vocabulário Controlado Básico
942 _cBK
999 _c23227
_d23227